Um Processo

Eu feliz da vida estou escrevendo a mesma história desde os 15 anos de idade. Na verdade, a primeira ideia crua veio com uns 13, mas eu já tinha 15 quando dei a ela o esqueleto que ela tem hoje.

Sempre havia uma sensação de euforia extrema quando eu terminava um dos livros, ainda manuscritos, assinava no final e colocava a data.

Mas a maior emoção da minha vida foi quando eu terminei a versão digitada, imprimi e levei com toda a documentação pro Escritório de Direitos Autorais da Biblioteca Nacional, segunda passada (dia 23 de agosto).  Recebi um protocolo e fiquei sabendo que o registro vem por correio, entregue mediante assinatura, num prazo mais ou menos rápido, pelo que eu tinha pensando antes.

Além do alívio de entregar aquele peso de 369 páginas impressas, que até então estava na minha mochila, veio um outra alívio, que ficou misturado com butterflies in the stomach. Quantos autores tem por aí, que sentiram a mesma coisa?

E nem mandei pra uma editora ainda! (porque, obviamente, eu preciso esperar o meu registro de direito autoral sobre a obra chegar).

La ra riii!!

Sigo aguardando durante este período de tempo, que, não importa o quanto seja menor do que o que eu estava esperando, ainda é bastante pra uma novata nessa história de escrever pros outros. Antes eu só escrevia pra mim. Pra algumas irmãs. Algumas poucas amigas que também leram a primeira versão (a pobre versão dos 15 anos).

Anúncios

4 pensamentos sobre “Um Processo

  1. ai carol terminei de ler seu blog

    sério to mto emocionada
    com a intensidade palpável em suas palavras
    com o amor e a devoção que vc tem pela escrita
    com… sei lá. tudo.
    parabéns, é só e tudo o que tenho a dizer

    vc vai longe menina, isso vai.
    e pode crer que eu vou tar lá engrossando sua legião de fãs o//
    ok… engrossando só não, vai. dando apoio.
    e tentando transmitir parte da admiração que tenho por vc (pq almejar traduzir esse sentimento em palavras é querer ser prepotente demais)

    enfim…
    enfim? enfim pra que?

    isso é só o começo.

    • Linda!!! Obrigada de coração! Sabe que depois de ler seus comentários eu fico me achando um máximo, né? E eu gosto de pensar que serei o tipo de autora que, se tiver uma legião de fãs, vai tentar falar com todos eles. Claro que certas amigas do Fantasticon que comentam todos os meus posts e que já leram meu blog inteiro vão ser mais atormentadas pela escritora do que os demais, né 😉

      E sim, gosto de pensar q é só o começo. Estou trabalhando pra isso!

      Bjossssss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s