Resenha do Livro DRAGÕES DE ÉTER

Não sei quantas pessoas aqui tem Skoob, para onde escrevi essa resenha, por isso estou pondo aqui no blog, que é só entrar e ler.

Um resuminho bem básico do livro: o autor usa referências de contos de fadas e contrói um épico surpreendente que versa sobre os bons temas de literatura fantástica: guerras, bem e mal, amor, amizade, e muito mais conceitos nas entrelhinhas do que eu jamais poderia inumerar. Abaixo, segue na íntegra o que escrevi sobre o livro.

Bom, acredito que muita gente já tenha resenhado esse livro, portanto vou pular a parte de resumo, até porque eu não tenho certeza de que saberia resumir esta obra maravilhosa.

O que posso dizer é que palavras humanas não foram feitas pra descrever o sentimento que o livro traduz. É muito interessante quando encontramos esse tipo de publicação: aquela que não só faz você pensar, mas também sentir.

No começo do livro eu fiquei meio relutante com o estilo da escrita (e só porque é muito diferente do meu), mas a história já havia me cativado nas primeias páginas, então desistir de ler estava completamente fora de questão.

A ideia geral é fantástica. Usar os contos de fadas e criar um história sensacional que os envolva foi uma jogada de mestre, mas não só a narrativa como a mensagem é muito preciosa.

Terminei de ler ontem à noite, no ônibus, naquele delicioso trânsito paulistano na Marginal Tietê, e só pude pensar no que eu ia escrever na resenha. Claro, porque um livro desses precisa de uma resenha, ou eu não faria jus à leitura. Acho que tudo no universo é uma grande troca, e se um autor proporciona a você alguns dos melhores momentos dos seus dias, o mínimo que se pode fazer é prestigiá-lo tanto quanto possível.

Pois bem; nada falei sobre a história, apenas sobre minhas impressões. E vou manter assim. Eu vou dizer que foi um dos melhores livros que li na minha vida inteira, e quem conferir a minha estante (ainda incompleta), vai ver que li uns livros muito bons. Na verdade, só não digo aqui que foi o melhor livro de todos porque isso faria parecer um elogio banal, daqueles que fazemos a todos os livros bons. Não é o caso. E quem ler vai entender por quê.

Mais um parágrafo, apenas para falar do orgulho que senti sendo brasileira e ávida leitora ao ler um livro desse nível de um escritor brasileiro. Porque os brasileiros tem o péssimo hábito de renegar seu país e achar que tudo o que se produz aqui é ruim. Como consequência disso, o povo lá de fora pensa a mesma coisa. Então, por favor, leiam esse livro e comecem a mudar os seus conceitos, se é que já não mudaram com algum outro autor nacional, porque ver alguém escrevendo com a alma é algo que me faz ter vontade de anunciar ao mundo inteiro. Por enquanto, só posso anunciar aos meus amigos, familiares e contatos da internet.

E foi isso! Espero que tenham ficado com vontade de ler o livro!

Anúncios

Um pensamento sobre “Resenha do Livro DRAGÕES DE ÉTER

  1. Pingback: Tweets that mention Resenha do Livro DRAGÕES DE ÉTER « Carol Chiovatto -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s