Dicas Publicitárias

Fiquei pensando em algo interessante para escrever, e lembrei de algumas coisas que andei vendo essa semana, e que, como minha prioridade, podem ajudar qualquer pessoa, mais algumas do que outras, claro.

Ok, todos sabemos que não é preciso ser formado em publicidade para trabalhar nessa área, e nem é necessário ser formado em Desenho Industrial para se entitular ‘designer’. Bom, não é necessário como exigência para trabalhar, mas acho importante por diversas razões.

POR QUE RAIOS TODO MUNDO ACHA QUE SABER MEXER EM PHOTOSHOP DÁ A ELA O TÍTULO DE DESIGNER? Cara, isso dói. É uma dor terrível de vergonha alheia quando vejo uma montagem ridícula de mal feita.

Não estou dizendo que só são bons na áreaos profissionais formados, mas estou dizendo que uma educação formal ajuda muito na hora de você saber de adequação.

Vamos às dicas.

1. Se você aprendeu Photoshop outro dia, a sua montagem NÃO É BOA. Olhem meu DeviantArt, deixei todos os meus trabalhos lá, desde o primeiro, para vocês verem o que eu fazia quando comecei e o que faço hoje em dia. Eu deixo lá justamente para lembrar que tive que trabalhar muito para começar a fazer alguma coisa mais ou menos realista. Alguém que manda muito bem em manipulação de imagens vai olhar minhas melhores montagens e enxergar um milhão de defeitos. Não se leve muito a sério nessa fase de aprendizado. Se você quer fazer seus próprios folderes de divulgação em vez de contratar um profissional porque você acha que sabe tudo, pelo menos procure saber conceitos bases de cor, luz, tom, estudos de tipografia, entre outros.

Preciso de um parágrafo para explicar  isso. É gritante quando um profissional fez um trabalho publicitário e quando foi o dono da empresa que mexer no Corel. Abra uma revista e veja os anúncios, a harmonia das proporções e das formas, das cores, das fontes, e você verá que é muito óbvio o nível de conhecimento técnico de quem fez.

2. NÃO use mais de 2 tipos de fontes, seja no folder, seja no cartão de visitas, no site da Internet. Há exceções, e só os profissionais as conhecem. Se você NÃO TEM formação, siga essa regra. Os sábios dizem que você só pode quebrar uma regra sem cair no ridículo se souber agir de acordo com ela, isso vale pras regras de fotografia, desenho, escrita (Mário de Andrade, por exemplo, gostava de escrever o mais coloquial que pudesse, e era sabidamente uma sumidade em Língua Portuguesa).

3. BRILHO em volta das fontes É BREGA. Salvo raríssimas exceções, causa impressão de que você acabou de aprender Photoshop (se você ainda usa muito brilho isso provavelmente é verdade). Novamente, profissionais conhecem essas exceções e ainda assim precisam de ousadia para recorrer a elas. Não use brilho; há formas mais interessantes e elegantes de deixar uma fonte atraente.

4. NEGRITO E ITÁLICO não são para brincar. Se você usa negrito no título, itálico para dar um destaque, e, de quebra, muda a cor da fonte para dar outro tipo de destaque, você cria um caos na imagem, torna-a desagradável visualmente, e ainda grita ‘EU NÃO ENTENDO NADA DE DESIGN’. Quando você quer destacar tudo, nada fica destacado. Já cheguei a ver anúncios, num daqueles exemplos do que não fazer, que tinham três cores de fontes, uma frase sublinhada, outra em itálico e outra em negrito. Parecia que o cara deu o anúncio pro filho dele fazer e o moleque tinha aprendido a mexer no Word.

5. AS COISAS NÃO VOAM. Se você quer uma pessoa em pé no meio da sua montagem, no seu folder, cartão, site ou o que mais quiser, não a coloque recortada voando no papel, ou na tela. Faça alguma coisa criativa, mas tome cuidado com as sombras.

Eu tenho um exemplo de propagando ruim, uma pena que não tenha nenhum pôster para ajudar. Em Guarulhos existe uma clínica de dentista chamada Iarossi, o sobrenome do dono. Eles fazem propagandas internas em ônibus e outdoors (afinal, em Guarulhos não tem lei da cidade limpa). Se puderem, procurem na internet algum anúncio publicitário dele; é o perfeito exemplo do que NUNCA fazer. ele consegue combinar todos os nãos acima.

6. RECORTE DE CABELO é uma droga mesmo, é a pior parte de qualquer montagem.

7. Frases de efeito são ótimas, se não forem clichês e se não forem demais. Um título por anúncio está bom. Se você escreve várias coisas desconexas querendo ausar impacto com todas você causa efeito diverso. O exemplo da clínica acima também tem essa parte. Eles realmente conseguem juntar tudo de errado para se fazer, e aposto o tamanho das minhas unhas que eles não contrataram um profissional. Vocês vão entender quando virem.

Essas regras são bem úteis para alguém que queira se aventurar a fazer alguma ação publicitária para si mesmo ou seu negócio (e considero um cartão de visitas como uma ação publicitária sim), mas o ideal é sempre que possível contratar um profissional. Quando você acha que não precisa contratar alguém que entende do assunto você se arrisca a cair no ridículo e rebaixa uma profissão muito importante para o mercado. Não falo tanto do publicitário aqui, mas do designer, que tem todos os conceitos visuais possíveis e a que pouca gente dá mérito. Os poucos que se saem bem.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Dicas Publicitárias

    • Cada um tem o direito de dizer o que quiser, mas da próxima vez deixe o link do seu portfólio para eu ver os seus. Quanto ao meu DA, sei que são manips de iniciante. Meu forte em Publicidade é planejamento e criação (redação), e, apesar de não ser profissional com software, eu entendo os conceitos. E sei pontuar todas as minhas frases.

  1. Carol, escrevo não para criticar a “falta de profissionalismo” do Sr. Rafael, que prefiro ingenuamente acreditar que interpretou mal suas palavras ou no mínimo leu com má vontade, mas, escrevo sim, para primeiramente parabeniza-la por ter postado o “caps lock” provando ser justa com o direito coletivo de se expressar. Segundo, meus parabens pelo convite para integrar a revista fantástica, da qualq sou o a número 1. Espero encontrar um artigo seu na próxima edição. Agora, fala sério, nós da Fantásticon já trocamos tantos e-mails assim, é? Para mim, são tãos bons que parecem poucos. Tchau!

    • ushuashush Obrigada, Mateus! Tanto pelo elogio, quanto pela parabenização frente ao convite para integrar a Revista Fantástica. Sou a nova Relações Públicas deles^^

      É, eu fui olhar os e-mails que trocamos… foram quase 200, fora emails à parte oO Tbm fiquei impressionada, e pelo mesmo motivo q vc! ^^

  2. BAIXA A BOLA!
    SEJA MAIS HUMILDE….

    QUANDO VC FOR DIRETORA DE COMUNICAÇÃO DA ALMAP BBDO VC PODE SER DESSE JEITO ARROGANTE! ENQUANTO ISSO…..MENOS! MENOS!

    VC PODE ENTENDER DE ALGUNS ASSUNTOS, PORÉM A SUA FORMA DE SE EXPRESSAR NÃO TEM CONIVÊNCIA COM A REALIDADE. ASSIM COMO APRENDEMOS COM NOSSOS ERROS, TAMBÉM SOMOS HUMILDES PARA ENSINAR OS APRENDIZES…….ESPERO QUE SIRVA DE LIÇÃO!

    • Eu não ia aceitar este comentário, porque uma pessoa que chama outra de ‘arrogante’ agindo da mesma forma não costuma merecer meu tempo, mas acho legal responder aqui, afinal, nem tudo são flores. Em primeiro lugar, a sua caps lock estava ativada. Chegou a notar? Em segundo lugar, eu não disse q sei tudo. Em terceiro lugar, não tenho a menor ambição de trabalhar na Almap, embora conheça alguns mídias de lá.
      Caso não tenha lido meus outros posts, este blog tem a função de 1) compartilhar o que penso a respeito de assuntos relacionados a comunicação, criatividade, livros e afins, que são as coisas com que sei trabalhar, e 2) ajudar as pessoas com o pouco que sei. Meu tom é arrogante em muitas situações, mas apenas naquelas em que quero causar impacto e incômodo, para que o assunto fique vibrando na cabeça das pessoas. O teor do seu comentário diz que consegui.
      Pelo seu tom, vc deve ser umas daquelas pessoas que não tem formação formal na área, e que aprendeu trabalhando, o q sou perfeitamente capaz de admirar – eu escrevi em meu post que havia exceções. Mas continuo defendendo a formação profissional, porque conheço muitos excelentes designers q tem o salário rebaixado por causa da infestação do mercado com pessoas que, como citei, fizeram curso de softwares e acham que sabem tudo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s