Resenha do Livro FUGA DE RIGEL

Estranho postar uma resenha seguida de outra, mas é preciso. Comecei a ler Fuga de Rigel, do Diogo de Souza, na segunda de manhã, e terminei ontem de manhã.

Eu tenho que resumir? Não gosto de resumir. Vão pegar uma sinopse. Não, não peguem. A graça é abrir o livro sem ter lido sinopse nenhuma, nem resenha, nem nada. Estou fazendo essa pura e simplesmente porque quero que vocês conheçam que essa obra existe e sintam vontade de lê-la.

O começo do livro dá falta de ar. A sua cabeça fica girando. Você não entende nada e se sente no meio da cena ao mesmo tempo.  É uma fuga alucinada, misturada com as impressões do Rigel (RÁ, NÃO É SPOILER, LEIA O TÍTULO DO LIVRO).

É um livro que dá raiva, porque você não consegue soltar. Você está trabalhando e fica pensando no que aconteceu. Você está na faculdade e abre o livro embaixo da carteira porque quer saber o que vem depois daquela cena. Você está em pé no ônibus com um monte de bolsas e dispensa o mp3 pra ler, porque fica em desespero pra saber como aquilo vai se resolver.

E do que estou falando? Da história, claro. Depois da descrição da cena de fuga, o autor explicar o que está se passando, o leitor não fica perdido, não, pelo contrário. O Diogo é um desses autores que nos dá a mão e nos leva para onde ele quer nos mostrar alguma coisa (mesmo que esse onde seja no mundo real, ou nos sonhos de alguém, ou nas lembranças).

E a teoria é incrível. Quero dizer, é tudo muito plausível. Minha cabeça chegou a comparar com certo desenho da Marvel em algum momento (Carol má, não vai dizer qual), mas não tem nada a ver. Fuga de Rigel é muito superior no que tange às imagens evocadas, às cenas de ação e de suspense infinito.

Nós conhecemos as personagens mas apenas tentamos imaginar como seríamos no lugar delas e o que sentiríamos. Não nos imaginamos como aquela personagem (o que, na minha opinião, é fantástico. Como um autor consegue identificação com personagens que o leitor não consegue se imaginar sendo?). É que nós somos apenas mundanos, ou normais.

Anúncios

Um pensamento sobre “Resenha do Livro FUGA DE RIGEL

  1. Pingback: Do Poder de um Diário, Livros Bons e Cliente de TCC | Carol Chiovatto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s